foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre a Sua Rádio 

Rádio Portalegre a Mais Ouvida do Alentejo


 

Portalegre: violência no namoro é um fenómeno que urge combater - APAV

Foto de Rádio Portalegre.

Família e agentes educativos devem estar atentos “ao que se passa na cabeça dos jovens para aceitarem relações violentas”. O alerta é da coordenadora da Associação Portuguesa de Apoio à Vitima (APAV) no Alto Alentejo.

Alexandra Gaio afirma que a violência no namoro “é um fenómeno que urge combater”, afeta jovens de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos e pode assumir diferentes formas.

A violência que pode ser verbal, psicológica ou física, ganha também novos contornos e é cada vez mais manifestada através das redes sociais.

A mesma responsável explica que há cada vez mais vítimas a identificar a situação de violência e a pedir apoio junto da APAV.

No âmbito da celebração do Dia dos Namorados, esta quarta-feira, a associação lança uma nova campanha de sensibilização sobre violência no namoro, com particular enfoque nas novas tecnologias, tendo como mensagem principal “Dá o clique, fala com a APAV”.

O gabinete da APAV do Alto Alentejo, inaugurado em maio de 2017, tem itinerância pelos municípios de Alter do Chão, Avis, Crato, Gavião, Fronteira, Nisa, Ponte de Sor e Sousel.

Carla Aguiã