foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Mais Ouvida do Alentejo

A RÁDIO QUE ESTÁ SEMPRE AO SEU LADO - WWW.RADIOPORTALEGRE.PT

Portalegre:Presidente da Câmara "desagradada" com a "recorrente e sistemática" falta de camas no hospital

Foto de Rádio Portalegre.(Por Gabriel Nunes/Carla Aguiã) - A presidente da Câmara de Portalegre mostrou-se, hoje, “desagradada” com a “recorrente e sistemática” falta de camas no hospital de Portalegre.

 

A falta de camas, segundo Adelaide Teixeira, deve-se à “amputação” do sétimo piso da unidade hospitalar, inicialmente para acolher uma Unidade de Cuidados Continuados e posteriormente as unidades de Cuidados Paliativos e Oncológica Médica.

A autarca revelou que vai pedir uma reunião ao Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano e que está a fazer diligências junto da Secretaria de Estado da Saúde e do próprio ministro da tutela, para se encontrar, “de uma vez por todas”, uma solução definitiva para o problema.

Para Adelaide Teixeira “o hospital de Portalegre deve funcionar como um hospital distrital, de forma eficiente e eficaz”.

Os problemas de funcionamento do Hospital José Maria Grande, sobretudo ao nível das Urgências, têm sido recorrentes nos últimos tempos, e levaram mesmo a Assembleia Municipal de Portalegre a aprovar um “voto de protesto”, onde se colocavam em causa as “opções de gestão”.

Entretanto, há três dias atrás, e durante um período de aproximadamente 12 horas, foi pedido ao CODU do INEM para “desviar” os doentes urgentes/emergentes de Portalegre para os hospitais de Elvas, Abrantes e Castelo Branco, devido à sobrelotação da Urgência.