foto5.png

Campo Maior:Romaria à Senhora da Enxara para celebrar a Páscoa

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Gabriel Nunes/Susana Mourato) - Largas centenas de pessoas acampam por esta altura do ano junto ao Santuário de Nossa Senhora da Enxara, próximo da aldeia de Ouguela, no concelho de Campo Maior, para celebrar a Páscoa.

 

De acordo com o porta-voz da comissão organizadora das festividades, José Carlos Zagalo, a romaria atrai peregrinos, não só de Campo Maior, como também dos concelhos vizinhos.

Habitualmente acampam durante dois ou três dias nas imediações do santuário, para assistirem à missa e procissão campal, tourada e bailes, regressando a casa apenas na segunda-feira.

De acordo com a tradição da vila de Campo Maior, a lenda de Nossa Senhora da Enxara tem origem num brinco de ouro oferecida a uma criança por uma senhora.

A menina estaria a brincar, enquanto a sua mãe estava a lavar roupa no rio. Quando a menina se afastou da sua mãe, terá encontrado uma senhora que lhe ofereceu um brinco. Quando voltou para junto da mãe, mostrou-lhe o brinco, e ambas foram ao local onde a filha disse ter encontrado a senhora. Quando lá chegaram, viram a imagem de Nossa Senhora numa pedra redonda. Esta pedra está atualmente na capela de Nossa Senhora.

A notícia do achado chegou rapidamente aos ouvidos da população que acorreu ao local da imagem. Esta foi trazida para a vila, e decidiram erguer uma capela, a meio caminho entre o local do achado e a vila, na margem direita do rio.

No entanto, todas as manhãs a imagem desaparecia, surgindo no local original. Deste modo, a população decidiu que aquele deveria ser o local para a nova capela.