foto5.png

ASPIG reivindica a atribuição de um dia de dispensa aos militares patrulheiros que trabalhem aos feriados

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Susana Mourato) - A Associação Sócio Profissional Independente da Guarda (ASPIG) reivindica a atribuição de um dia de dispensa aos militares patrulheiros que trabalham aos feriados.

 

Em declarações à Rádio Portalegre, José Alho, presidente da ASPIG, refere que a “não compensação pelo trabalho realizado em dias feriados e fins de semana, também tem contribuído, para a desmotivação dos militares”.

José Alho lembra ainda que a ASPIG “sempre se opôs” à fixação de 40 horas de trabalho semanal, por considerar que o regime adequado “não devia ultrapassar as 36 horas”.