foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre a Sua Rádio 

Rádio Portalegre a Mais Ouvida do Alentejo


 

Biografia do "pai do SNS" apresentada em Portalegre

Foto de Rádio Portalegre.

A “Biografia de António Arnaut”, o homem que ficou para a história como o “pai do Serviço Nacional de Saúde”(SNS), foi apresentada esta quinta-feira em Portalegre.

Da autoria dos jornalistas Luís Godinho e Ana Luísa Delgado, a obra conta a vida do advogado, político e escritor, que nasceu em Penela e que fez parte da criação de um sistema de cuidados médicos universal e gratuito, considerada uma das mais importantes conquistas de Abril.

 

A apresentação da Biografia, que decorreu na sede da Ordem dos Médicos em Portalegre, contou com a presença da autora Ana Luísa Delgado que começou por referir que a realização do livro não foi um processo “fácil”, revelando que a disponibilidade de António Arnaut para se reunir com os autores foi o principal obstáculo.

Fernando Pádua, a quem coube a apresentação desta Biografia, enalteceu os valores que marcaram o percurso de António Arnaut, ao longo dos seus 82 anos de vida.

O médico destacou ainda o facto de a obra “apesar de ser uma biografia não está escrita por ordem cronológica”, tornando-a única.

António Duarte Arnaut, participou ativamente na oposição à ditadura de Salazar e na fundação do PS, em 1973. Vive há mais de 60 anos em Coimbra, onde se licenciou pela Faculdade de Direito, em 1959.

Exerceu sempre a atividade de advogado e escritor na cidade do Mondego, onde editou mais de 30 obras de diferentes géneros, sobretudo prosa, poesia, ensaio e intervenção cívica.

Arnaut escreveu ainda diversos trabalhos nas áreas do direito, ética, saúde e maçonaria.

Afastado da política ativa há mais de 30 anos, deputado e ministro dos Assuntos Sociais após o 25 de Abril, destacou-se como autor da lei que criou o SNS.

(Susana Mourato)