foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

RÁDIO PORTALEGRE 29 ANOS DE EMISSÕES REGULARES

A RÁDIO LOCAL MAIS OUVIDA NA REGIÃO SUL DE PORTUGAL

OBRIGADO PELA SUA PREFERÊNCIA 

Portalegre:Assembleia Municipal repudia "comentários xenófobos" que "incendiaram" redes sociais por causa de benefícios concedidos pela câmara a refugiados

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Gabriel Nunes) - A Assembleia de Portalegre aprovou por unanimidade uma moção solidarizando-se com os refugiados e repudiando os “comentários xenófobos” que “incendiaram” a rede social facebook, por causa de benefícios concedidos pela Câmara a um grupo de mais de duas dezenas de pessoas oriundas de países africanos e do Médio Oriente.

 

Em causa está uma proposta da Cáritas Diocesana de Portalegre, aprovada pelo elenco camarário, que permite aos refugiados acolhidos na cidade, frequentar gratuitamente os equipamentos culturais, bem como as piscinas municipais.

Em declarações a esta estação emissora o presidente da Cáritas de Portalegre, Elicidio Bilé referiu que o objetivo da proposta é o de assegurar “uma rápida integração” dessas pessoas na comunidade e “dar a conhecer a história” da cidade que os acolheu.

Elicidio Bilé adiantou que atualmente estão a viver em Portalegre, em casas alugadas pela Segurança Social, mais de duas dezenas de refugiados, entre adultos e crianças.

Na moção, apresentada pelo CLIP, a Assembleia Municipal de Portalegre lamenta a “onda de indignação” gerada pelos “pequenos benefícios” concedidos aos refugiados, considerando “inadmissível a propagação de atitudes xenófobas em qualquer município”.

No mesmo documento é ainda manifestado apoio ao executivo municipal na “tomada de medidas que visem minimizar o sofrimento decorrente da catástrofe migratória”.