foto5.png

Portalegre:ULSNA diz que movimento nas urgências não justifica ativação do Plano de Contingência para ondas de calor

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Gabriel Nunes) - O presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), João Moura Reis, revelou hoje que ainda não houve necessidade de ativar o Plano de Contingência para ondas de calor.

 

Em declarações à Rádio Portalegre, Moura Reis, referiu que o movimento de pessoas nas urgências de Portalegre, Elvas e Ponte de Sor não justificam a ativação do Plano de Contingência.

De acordo com o mesmo responsável o número de utentes que tem procurado os serviços de urgência, não é superior ao período homólogo do ano passado.

Contudo, Moura Reis, sublinhou que o Plano de Contingência para ondas de calor está elaborado e ser for necessário será ativado de imediato.

O último domingo foi o dia mais mortífero, em Portugal, tendo-se registado mais de 400 mortes, por causas naturais.

O elevado número de mortes coincide com as temperaturas recorde registadas nos últimos dias .