foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Mais Ouvida do Alentejo

A RÁDIO QUE ESTÁ SEMPRE AO SEU LADO - WWW.RADIOPORTALEGRE.PT

Alto Alentejo:Presidente da Comunidade Intermunicipal diz que é chegado o momento da Barragem do Pisão "sair do papel para o terreno"

Texto alt automático indisponível.

(Por Gabriel Nunes) - O presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), Ricardo Pinheiro, afirmou hoje ter chegado o momento da Barragem do Pisão “sair do papel para o terreno”.

 

Ricardo Pinheiro falava na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Portalegre, numa mesa redonda subordinada ao tema “Contribuição da Barragem do Pisão para a evolução da agricultura no distrito”, no âmbito do colóquio “Conversas Sobre Agricultura”.

Olhando para a Barragem do Pisão como uma alavanca para o desenvolvimento económico de uma das regiões mais deprimidas do país, o socialista deixou claro que não querem que se faça investimento público no Alto Alentejo para servir apenas 17 ou 18 agricultores.

O também presidente da Câmara de Campo Maior defendeu que “os 14 mil hectares do perímetro de rega da barragem tem de ser estudados não só do ponto de vista de engenharia para a criação do empreendimento agrícola, mas também para gerar desenvolvimento dentro daquela parcela”.

O autarca indicou ainda que o Alto Alentejo perdeu 7,4 por cento da população entre os anos 2011 e 2018, argumentando que estes “números assustadores”, são o reflexo da inexistência de um modelo económico capaz de criar emprego e fixar pessoas na região.

O colóquio, promovido pela Associação de Agricultores do Distrito de Portalegre, prossegue durante esta tarde, com uma mesa redonda e um debate sobre “A inovação no futuro da Agricultura do Norte Alentejano”.