foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Rádio Portalegre, a Mais Ouvida do Alentejo - 30 anos ao serviço da região

Boas Festas - Feliz Natal

Portalegre:Autarca da CDU considera de "muita duvidosa legalidade" compra de edifício da Fundação Robinson por parte da Câmara

A imagem pode conter: árvore, céu e ar livre

(Por Gabriel Nunes) - A Assembleia Municipal de Portalegre deverá viabilizar, esta segunda feira, a compra à Fundação Robinson, por parte da Câmara, de uma edifício classificado da antiga corticeira, por um valor de 1 milhão e 283 mil euros.

 

A proposta foi aprovada na última reunião da Câmara de Portalegre com quatro votos favoráveis, três do CLIP e um do PS, uma abstenção do segundo vereador socialista, e dois votos contra da CDU e do PSD.

Em declarações à Rádio Portalegre o vereador da CDU, Luís Pargana considerou de “muito duvidosa legalidade” os contornos deste negócio, acrescentando que os seus objetivos também “não estão bem definidos”.

Segundo Luís Pargana esta compra “servirá para pagar dívidas e penhoras da Fundação Robinson, ao mesmo tempo que a Câmara entregará o edifício a um promotor hoteleiro privado, no âmbito do programa REVIVE.

Para o autarca “não faz sentido que se entregue a privados o bife do lombo daquilo que é a memória e a identidade de Portalegre e dos portalegrenses”, e nesse sentido a CDU vai votar contra a compra do edifício do espaço Robinson na reunião da Assembleia Municipal.

A Assembleia Municipal, onde esta proposta vai ser sujeita a votação, tem início marcado para as 21:00 de hoje no Centro de Congressos da Câmara de Portalegre.