foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Portalegre: presidente da distrital do CDS-PP quer uma estrutura mais interventiva com papel fiscalizador e foco apontado à agricultura

A imagem pode conter: 1 pessoa, barba e grande plano

O novo líder do CDS-PP no distrito de Portalegre, Nuno Pereira, diz que o partido vai ter um papel fiscalizador e dedicar atenção redobrada à agricultura, um pilar de desenvolvimento nacional que o Governo parece não reconhecer.

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da distrital do CDS, reconhece que é preciso fortalecer as estruturas locais do partido que pretende mais interventivas.

 

Nuno Pereira explica que o CDS-PP vai acompanhar de perto os projetos desenvolvidos pela Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), desempenhando um papel fiscalizador.

Apontando baterias ao poder central, o dirigente afirmou que “um Governo que não reconhece que a agricultura é um pilar de desenvolvimento nacional é um governo que não percebe o que é o interior”.

Segundo Nuno Pereira, “os agricultores são órfãos do Ministério da Agricultura, que está cada vez mais ausente e que não se impõe em defesa dos seus próprios interesses, criticando a posição da tutela na questão dos animais de companhia que deverão deixar de estar sob a alçada da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), passando para a tutela do ministério do Ambiente.

(Carla Aguiã)