foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Estremoz: Crime de violência doméstica condena agressor ao uso de pulseira eletrónica

Tudo sobre: Violência Doméstica – Observador

Um homem de 55 anos de idade foi detido, em Estremoz, pelo crime de violência doméstica. Presente ao tribunal foi-lhe aplicada a medida de coação de controlo à distância com recurso a pulseira eletrónica.

Em nota de imprensa, enviada à Rádio Portalegre, a GNR esclarece que no âmbito de uma investigação pelo crime de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que a vítima, uma mulher de 52 anos, sofria agressões físicas há mais de 30 anos, nunca denunciando tal comportamento por receio das consequências.

 

Na sequência da investigação, foi dado cumprimento a um mandado de detenção que culminou na detenção do agressor.

Ao agressor foram ainda aplicadas as medidas de coação de afastamento da vítima por 250 metros e proibição de contactos por qualquer forma ou meio.

 

(Susana Mourato)