foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Tribunal de Elvas aplica medida de coação menos grave a suspeitos de tentativa de agressão a agentes da PSP

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

(Por Gabriel Nunes) - Os quatro indivíduos detidos, domingo, em Elvas, por suspeita de tentativa de agressão a agentes da polícia, saíram do Tribunal daquela cidade, com a medida de coação menos grave, ou seja, Termo de Identidade e Residência.

 

Com idades compreendidas entre os 19 e os 40 anos, os quatro homens foram ouvidos, segundo feira, em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Elvas, que decidiu ainda que o caso passe a inquérito.

Os factos remontam à madrugada de domingo quando uma patrulha da PSP foi chamada a intervir por causa de uma ocorrência de ruído, numa propriedade, em Elvas, onde estava a decorrer uma festa, tendo sido recebidos à pedrada e com arremesso de garrafas de vidro por um grupo de 15 a 20 pessoas.

Além das pedras e das garrafas arremessadas a corporação refere ter sido “perfeitamente audível o som de dois disparos de arma de fogo, tendo a mesma sido disparada do interior do local onde se desenrolava a festa”.

Atendendo a que os meios no local se mostravam claramente insuficientes, foram solicitados reforços policiais, tendo posteriormente comparecido no local uma Equipa de Intervenção Rápida e uma Equipa de Investigação Criminal.

Quando os polícias tentavam chegar à conversa com o proprietário do local onde se realizava a festa com o intuito de apurar responsabilidades e identificar os autores do arremesso de pedras e garrafas e dos disparos de arma de fogo, “os elementos policiais foram novamente ameaçados, bem como sofreram tentativas de agressão”.

De acordo com a PSP voltaram a ser arremessadas pedras e garrafas de vidro, e ao abrir do portão da propriedade onde se desenrolava a festa, “um grupo de cerca de dez indivíduos atiçou um cão de raça pitbull e avançou com o intuito de agredir os elementos policiais”.

Os agentes da autoridade foram então obrigados a efetuarem três disparos para o ar de Shot Gun, com bagos de borracha, para dispersar o grupo.

 A PSP acabou por conseguir intercetar e deter quatro indivíduos, com idades compreendidas entre os 19 e os 40 anos, sendo que três deles tiveram de receber assistência médica no hospital de Elvas, tendo todos tido alta passado uma hora e meia após terem dado entrada na unidade hospitalar.