Volta

“Alentejana” arranca esta quarta feira e promete duelos e emoções fortes

Dezoito equipas, seis das quais estrangeiras, vão alinhar à partida para a 41ª edição da Volta ao Alentejo em Bicicleta, que vai decorrer a partir de quarta feira e até domingo.

A etapa mais curta (147,7 Km) mas simultaneamente a etapa rainha da “Alentejana”, vai ligar Monforte a Castelo de Vide, no sábado, quarto e penúltimo dia de corrida.

A tirada, que vai terminar no tradicional empedrado do Parque João José Da Luz, em Castelo de Vide, conta com seis contagens de montanha onde se inclui Cabeço do Mouro, Serra de São Mamede, Porto da Espada, Marvão e duas passagens na Serra de São Paulo.

A primeira etapa da edição de 2024 da Volta ao Alentejo parte de Castro Verde, uma estreia para o início da prova, na quarta feira. O pelotão segue em direção a Beja, capital do Baixo Alentejo, cumprindo os primeiros 168 quilómetros.

A Praça Vasco da Gama, na Vidigueira, vai ser o ponto de partida para a segunda etapa, que vai acabar na vila de Grândola, depois de percorridos 180,9 quilómetros.

O terceiro dia (sexta feira) está reservado para a etapa de Alqueva. Serão 168,4 quilómetros com partida de Mourão e chegada a Reguengos de Monsaraz, com duas passagens pela aldeia de Monsaraz onde estão instalados dois prémios de montanha.

Depois da etapa rainha, ao quarto e penúltimo dia de corrida, entre Monforte e Castelo de Vide, o pelotão enfrenta a derradeira tirada, a mais longa da prova, com 187,9 km, no domingo, com partida da Praça da República, em Nisa, e chegada à Praça do Giraldo, no centro histórico de Évora.

As cinco etapas, todas em linha, da 41ª edição da “Alentejana” contabilizam um total de 852,9 quilómetros.

PUBLICIDADE