421252253 897826675409875 884710383100898011 N

Alto Alentejo:Barragens atingem capacidade máxima com exceção para Caia e Montargil

A chuva que caiu nos últimos dias fez disparar os níveis de armazenamento das albufeiras do distrito de Portalegre e algumas, como são exemplo Póvoa e Meadas, em Castelo de Vide, Apartadura, em Marvão, e Maranhão, em Avis, já começaram a fazer descargas.

A albufeira do Caia, por seu turno, apresenta um volume de 179,960 milhões de metros cúbicos de água, o que representa 94,72% do nível aconselhado para descargas que é de 190 milhões.

De acordo com os dados fornecidos pela Associação de Beneficiários do Caia, a água armazenada na albufeira atingia os 160,5 milhões de metros cúbicos na última quarta feira, tendo recebido um reforço de 19,4 milhões, desde esse dia até sábado.

A albufeira de Montargil, por seu turno, tem armazenados 139,8 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 85% da sua capacidade total, que é de 164,3 milhões.

A albufeira do Maranhão, em Avis, tem capacidade para armazenar 205,398 milhões de metros cúbicos de água, enquanto a albufeira de Póvoa e Meadas, em Castelo de Vide, dispõe de uma capacidade de armazenamento de 22 milhões de metros cúbicos de água, mas que não está a ser aproveitada totalmente por questões de segurança relacionadas com o paredão.

Em Marvão, a barragem da Apartadura apresenta a menor albufeira do distrito de Portalegre, dispondo de uma capacidade de armazenamento de 7,4 milhões de metros cúbicos.