Arronches

Arronches e Castelo de Vide no top cinco dos concelhos com melhor qualidade de vida

Com 14,4 de pontuação numa escala de 1 a 20, o concelho de Arronches foi considerado por um estudo da Marktest o segundo município do país com melhor qualidade de vida em 2023.

O presidente da Câmara de Arronches, João Crespo, reagiu com “satisfação” a este resultado, afirmando que o mesmo “é o reflexo do trabalho desenvolvido, não só pelo município, mas por todas as entidades, que trabalham diariamente para que as pessoas se sintam confortáveis e que tenham todas as condições para viver no concelho”.

Apesar de ocupar a vice liderança do ranking de Qualidade de Vida pelo segundo ano consecutivo, Arronches é o concelho do Alto Alentejo com menos população.

Em declarações à Rádio Portalegre, João Crespo, disse que o concelho dispõe de boas infraestuturas educacionais, desportivas e culturais, mas considera que “só isso não chega”.

O autarca defende que esta tendência de perda de população só se inverte com “medidas de discriminação positiva” para com os territórios de baixa densidade, por parte da Administração Central, embora reconhecendo que “não existe uma receita mágica” para resolver o problema.

O concelho de Castelo de Vide, que liderou isolado este ranking em 2020, e ex aequo com Manteigas em 2019, fecha o top cinco dos municípios portugueses com melhor qualidade de vida, alcançando uma pontuação de 13,7.

O rating de Qualidade de Vida 2023 é liderado por Manteigas, seguindo-se Arronches, Porto Moniz, Alcanena e Castelo de Vide.

O estudo desenvolvido anualmente pela Marktest faz uma análise comparativa de cerca de quatro dezenas de indicadores, permitindo classificar os 308 concelhos portugueses em três componentes:Dinamismo Demográfico, Dinamismo Económico e Qualidade de Vida.

Amplitude térmica, taxa de mortalidade infantil, taxa de criminalidade, equipamentos de saúde ou de cultura per capita, são alguns dos indicadores avaliados.

Foto: Emilio Moitas