Asae

ASAE desmantela fábrica ilegal de componentes para motociclos no distrito de Portalegre

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), anunciou ter desmantelado uma unidade ilegal, onde se procedia à produção de componentes para motociclos de forma ilícita, no distrito de Portalegre.

Em comunicado enviado à Rádio Portalegre, a ASAE revela que da ação resultou a instauração de um processo-crime por contrafação da marca e a apreensão de um computador contendo centenas de ficheiros relativos a bases de moldes para fabrico de componentes de diversas marcas de prestígio, assim como uma impressora industrial e mais de uma centena de artigos contrafeitos, no valor de 20 mil euros. 

A ASAE adianta que foi ainda constituído arguido um indivíduo e sujeito à medida de coação de Termo de Identidade e Residência.

De acordo com a ASAE os componentes eram distribuídos para vários pontos de venda e destinavam-se a integrar veículos que participariam em provas desportivas motorizadas, situação que poderia colocar em risco a segurança dos seus utilizadores, visto serem componentes contrafeitos que não cumprem normas de qualidade.