Img 0576

Belver regressa à época Medieval com uma feira que cativa cada vez mais expositores e visitantes

Quase a completar vinte edições, a Feira Medieval de Belver, inaugurada esta sexta feira, está a expandir-se e ocupa cada vez mais ruas da vila histórica, que até domingo reúne dezenas de expositores, artesãos e mercadores da região, de várias zonas do país e do estrangeiro.

Cortejos, espetáculos de fogo, treinos de armas e dança, são outros atrativos do certame, que envolve toda a população nesta viagem ao passado.

Em declarações à Rádio Portalegre, a presidente da Junta de Freguesia de Belver, Martina de Jesus, destacou a importância da Feira Medieval para a dinamização da economia local.

Segundo a autarca, o evento, que vai na décima nona edição, é um dos mais importantes da freguesia e tem ainda potencial para crescer.

Martina de Jesus acrescentou que a Feira Medieval envolve toda a população e conta com a presença de todas as associações e coletividades locais.

À reportagem da Rádio Portalegre, na Feira Medieval, Rosa Fazendas, do Centro Social de Belver, disse que este evento é importante para a instituição e dá vida à freguesia.

A Banda Juvenil de Gavião também marca presença no evento, que de acordo com Lina Neto, representa uma oportunidade de convívio e divulgação das atividades que dinamizam.

A Feira Medieval de Belver, no concelho de Gavião, decorre até domingo.