Fotovoltaica

Campo Maior: autarquia investe mais de 15 milhões em obra que vai “mudar o paradigma industrial”

O Município de Campo Maior vai investir mais de 15 milhões de euros em sistemas de produção e armazenamento de energia renovável, para abastecer o complexo industrial.

O concurso público para esta obra, financiada pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), ao abrigo de uma candidatura na área do acolhimento empresarial de nova geração, está a decorrer até ao final do mês de maio.

Em declarações à Rádio Portalegre o presidente da Câmara de Campo Maior, Luís Rosinha, disse tratar-se de um projeto “ambicioso”, que inclui cerca de sete hectares de produção fotovoltaica e dois hectares de produção de hidrogénio para abastecimento de viaturas.

Segundo o autarca, este investimento, conjugado com a melhoria das acessibilidades, “a famosa variante a Campo Maior”, que já está em curso, são projetos que vão “mudar o paradigma industrial do concelho”.

O Município de Campo Maior espera lançar esta nova obra no final do verão de 2024, o prazo de execução é de 455 dias.