Mapadi E Psp Contra A Violencia Domestica

Casos de violência doméstica no Alto Alentejo mantêm-se estáveis – NAVVD

Desde o início deste ano, a região do Alto Alentejo tem registado vários casos de violência doméstica. Um dos mais falados inclui uma mulher de 57 anos, que foi colocada sob vigilância electrónica, por exercer violência emocional e coação psicológica contra a vítima, o seu companheiro de 55 anos.

Em declarações à Rádio Portalegre, Carla Baptista, coordenadora do Núcleo de Atendimento às Vitimas de Violência Doméstica (NAVVD), revelou que desde o início deste ano foram registados um total de quatro casos de violência doméstica na região, adiantando que atualmente o NAVVD acompanha 36 casos, 32 dos quais são de anos anteriores.

Comparando os dados de Janeiro deste ano com os do mesmo mês do ano passado, o número de casos acompanhados manteve-se estável.

Carla Baptista elogiou ainda o trabalho do setor judicial, que considera estar a dar uma resposta cada vez mais rápida aos casos de violência doméstica que chegam aos tribunais, impedindo a continuidade de comportamentos violentos por parte dos agressores.

O NAVVD abrange uma área do Alto Alentejo composta pelos concelhos de Portalegre, Elvas, Campo Maior, Castelo de Vide, Marvão, Monforte e Arronches. Os restantes municípios são acompanhados pela Associação Portuguesa de Apoio à Vitima.