Elvas 1

Elvas: Câmara exige ao Governo desagregação de União de Freguesias de Terrugem e Vila Boim

O executivo da Câmara de Elvas aprovou, por unanimidade, uma proposta a exigir ao Governo uma decisão sobre a desagregação da União de Freguesias de Terrugem e Vila Boim, foi hoje divulgado.

Em comunicado enviado à Rádio Portalegre, a Câmara de Elvas explica que o documento refere que “estão cumpridas todas as imposições” colocadas às freguesias para a sua desagregação, entregues em dezembro de 2022 e até ao momento “o processo encontra-se em análise”.

O documento, que foi enviado para conhecimento à Presidência da República, ao presidente da Assembleia da República, assim como a todos os grupos parlamentares, subscreve que a posição da população que, desde o início deste processo, “sempre esteve contra esta agregação”, assim como os eleitos locais.

Em dezembro de 2022, o executivo da Câmara de Elvas deu parecer favorável, e por unanimidade, à desagregação da União de Freguesias de Terrugem e Vila Boim, disse na altura José Rondão de Almeida, eleito pelo Movimento Cívico Por Elvas (MCPE), salientando que o parecer tinha também os votos favoráveis dos eleitos do PS e do PSD/CDS-PP.