Futebol AFP

Futebol/Taça Comendador António Costa: Estrela e Arronches e Benfica “carimbam passaporte” para as “meias”

O Sport Clube Estrela empatou 0-0 na deslocação ao Eléctrico, este domingo, em jogo a contar para a quinta jornada da Taça Comendador António Costa.

Com este resultado a equipa de Portalegre assegurou a qualificação para as meias finais da competição, enquanto o conjunto de Ponte de Sor está próximo de alcançar esse objetivo.

Em declarações à Rádio Portalegre, o treinador do Eléctrico, Emanuel Baleizão, disse que o seu conjunto foi quem esteve mais perto de ganhar o desafio, mas considerou que o resultado se ajusta ao que se passou dentro de campo.

Do outro lado, o treinador do Estrela, Luís Ricardo, falou num jogo “equilibrado”, com duas equipas à procura da vitória, destacando o facto do ponto conquistado em Ponte de Sor garantir o apuramento do seu conjunto para a próxima fase da competição.

Noutro encontro desta ronda, disputado este domingo, o Arronches e Benfica ganhou 3-0 na deslocação à lanterna vermelha Hispanolusa e também já “carimbou o passaporte” para as “meias”.

Ouvido pela Rádio Portalegre, o treinador da Hispanolusa, João Paulo Funenga, assinalou a primeira parte “excelente” do seu conjunto, que quebrou fisicamente na etapa complementar face à superioridade do adversário.

Por parte do Arronches e Benfica, o treinador João Trindade considerou que o resultado ficou muito aquém do que se passou dentro de campo, afirmando que “foi muito pouco para o que a sua equipa fez”.

Esta jornada da Taça Comendador António Costa, competição organizada pela Associação de Futebol de Portalegre (AFP), abriu sábado, com a vitória caseira por 2-1 do Mosteirense sobre o Gafetense.

Com esta vitória o conjunto de Mosteiros continua com o apuramento para as meias finais perfeitamente ao seu alcance, enquanto a formação de Gáfete precisa quase de “um milagre” para se qualificar para a fase seguinte da prova.

Em declarações à Rádio Portalegre no final do jogo, o treinador do Mosteirense, Luís Miguel Macedo, falou numa “vitória justa e inequívoca”, que permite ao seu conjunto dar “um passo em frente”, rumo às meias finais da competição.

Do outro lado, Vítor Nozes, treinador do Gafetense, admitiu que apesar da sua equipa matematicamente ainda não estar afastada das meias finais, esse objetivo “é praticamente impossível”.

As duas jornadas do final da primeira fase da Taça Comendador António Costa, o Estrela lidera a classificação com 11 pontos, seguindo-se o Arronches e Benfica com 9, o Eléctrico com 8, e a fechar o grupo dos quatro primeiros, o Mosteirense também com 8 pontos.

Fora da qualificação para as “meias” estão os Gavionenses (5º lugar, 3pts), Gafetense (6º – 3pts) e Hispanolusa (7º – 0pts).