foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 31 Anos ao Serviço da Região

Fique Em Casa / Cumpra as Normas da DGS / Proteja-se Por Si e Pelos Outros

Covid-19: Situação de calamidade mantem-se até 27 de junho. Testes obrigatórios em eventos familiares, culturais e desportivos

Pode ser uma imagem de 1 pessoa

(Por Carla Aguiã) - A testagem à covid-19 vai passar a ser obrigatória em eventos como casamentos e batizados, espetáculos culturais e desportivos.

 

Segundo a Ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, "o que está previsto é que ninguém possa aceder a qualquer evento sem teste".

A governante adianta que a medida deve ser vista como uma forma de "autoproteção “e que a fiscalização fica a cargo das organizações.

Segundo Mariana Vieira da Silva, que falava esta quinta feira em conferência de imprensa depois da reunião semanal do Conselho de Ministros, a testagem obrigatória será aplicada de acordo com regras a definir pela Direção-Geral da Saúde, consoante a lotação e a dimensão dos espaços.

A testagem à covid-19 passa também a ser obrigatória em empresas com mais de 150 trabalhadores num mesmo local de trabalho.

Esta quarta feira o Conselho de Ministros aprovou a resolução que declara a situação de calamidade em todo o território nacional continental até às 23:59 do dia 27 de junho e a ministra Mariana Vieira da Silva esclareceu que, a partir de segunda-feira e nas próximas duas semanas, “nenhum concelho irá regredir nas regras de confinamento”.

No entanto os concelhos de Braga, Lisboa, Odemira e Vale de Cambra não irão prosseguir para a próxima fase de desconfinamento o que mantem a obrigação do teletrabalho e o encerramento de espaços culturais às 22h30.

Nos restantes concelhos do país o teletrabalho deixa de ser obrigatório e os equipamentos culturais passam a encerrar à 01h00, com a última entrada de público à meia-noite, tal como acontece com a restauração.