foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Sua Rádio Todos os Dias

Futebol:Eléctrico não se conforma com a subida do Elvas ao Campeonato de Portugal

Nenhuma descrição de foto disponível.

(Por Gabriel Nunes) - A direção do Eléctrico criticou o Conselho Jurisdicional da Associação de Futebol de Portalegre (AFP) por ainda não se ter pronunciado sobre o recurso interposto, há mais de três meses, pelo clube de Ponte de Sor, na sequência da decisão da agremiação em indicar o Elvas para subida ao Campeonato de Portugal.

 

Recorde-se que a AFP depois de anunciar, a 26 de março, o encerramento da  Liga Francisco Gil, decidiu indicar para subir de divisão, o Elvas, segundo classificado, e não o Eléctrico, que liderava a competição.

Embora o regulamento da Liga Francisco Gil, no ponto 7, relativo a “medidas excecionais”, refira que a prova deverá ser “homologada com a classificação existente na altura da interrupção”, a AFP decidiu basear a sua decisão na melhor média pontual das equipas, e neste particular quem leva a melhor é o Elvas, que apesar de ter ficado a um ponto da liderança, disputou menos um jogo do que o Eléctrico.

Em comunicado publicado na véspera do sorteio da primeira fase do Campeonato de Portugal, marcado para as 16:00 horas desta sexta feira, e sendo o Elvas o clube representante do distrito de Portalegre, o Eléctrico “lamenta” a ausência de uma decisão do Conselho Jurisdicional da AFP sobre o assunto.

No mesmo comunicado o clube de Ponte de Sor mostra-se convicto de que “a razão lhe assiste”, e acusam as entidades com responsabilidade no futebol de “não estarem preocupadas com a verdade desportiva, mas com outros valores, nos quais o Eléctrico não se revê”