foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Sua Rádio Todos os Dias

Socialista Ricardo Pinheiro acredita "piamente" ser possível travar o processo de despovoamento do interior

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e em pé

(Por Gabriel Nunes) - O presidente da Federação Distrital de Portalegre do PS, Ricardo Pinheiro, afirmou acreditar “piamente” ser possível travar o processo de despovoamento do interior do país.

 

Em declarações à Rádio Portalegre, Ricardo Pinheiro asseverou que “enquanto houver um socialista que siga os valores de Abril, vale apena lutar por vilas, cidades ou concelhos, que têm vindo sistematicamente a perder população”.

A receita, segundo o dirigente, é ter a capacidade de fazer a diferença através de projetos mobilizadores, como é exemplo o empreendimento de fins múltiplos do Crato, vulgo Barragem do Pisão, independente da sua localização geográfica.

O também secretário de Estado do Planeamento considerou ainda que o grande desafio que se coloca aos municípios do interior do país é o de “conseguir captar verbas que financiem projetos que possam ser transformadores”, como aconteceu com Ponte de Sor, que se conseguiu reinventar, sob a falência de várias fábricas, apostando no setor aeronáutico.

Ricardo Pinheiro falava na sequência da apresentação, segunda feira, por parte da Distrital de Portalegre do PS, de um projeto de desenvolvimento e valorização do Alto Alentejo.

A iniciativa pretende definir as prioridades de intervenção no distrito com o propósito de diminuir as assimetrias sociais, económicas e territoriais, elencando um programa comum para as eleições autárquicas de dia 26 de setembro.

Segundo a distrital socialista, as medidas definidas resultam de “um trabalho persistente”, desenvolvido pelo Gabinete de Estudos da Federação Distrital de Portalegre do PS, e foram delineadas para serem aplicadas numa perspetiva supramunicipal.