foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

RÁDIO PORTALEGRE 09/11/1989 - 09/11/2021

32 ANOS AO SERVIÇO DA REGIÃO

OBRIGADA PELA PREFERÊNCIA

Portalegre: Núcleos do MDM e sindicatos do Alentejo unidos em ação de rua que assinala o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres

Pode ser uma imagem de texto que diz "O ALENTEJO NÃO DESCULPA!"

(Por Carla Aguiã) - O MDM (Movimento Democrático de Mulheres) espera reunir cerca de meia centena de pessoas, esta quinta feira, numa ação de rua, em Portalegre, que assinala o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres.

 

A iniciativa envolve os núcleos do MDM dos distritos de Portalegre, Évora e Beja, e contará também com o apoio das uniões de sindicatos do Alentejo, afetas à CGTP.

Segundo Maria Teresa Neves, do núcleo de Portalegre do MDM, a ação tem como principal objetivo alertar e sensibilizar a população para a urgência de reconhecer e combater a violência contra as mulheres.

Maria Teresa sublinha que, apesar da violência doméstica ser a que assume maior visibilidade, as mulheres são também as principais vítimas de violência no trabalho, no espaço público, na publicidade e na Internet.

A antecipar a ação de rua, esta quarta feira o MDM visita as escolas de S. Lourenço, Mouzinho da Silveira e Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), de modo a que esta sensibilização possa também abranger os estudantes.

A mesma responsável explicou que o MDM é um movimento de ação politica e reivindicativa, contribuindo também para esclarecer as vitimas sobre os seus direitos, nomeadamente através das aplicações “Viver+Aqui” e “ACT agir contra o tráfico Humano”.

Quinta feira o ponto de encontro das ativistas está previsto para as 15 horas no largo Dr. Frederico Laranjo, com posterior deslocação pela rua do comércio até à Praça da República onde se realiza uma sessão pública, com início marcado para as 16 horas.

A sessão incluirá ainda uma breve atuação da tuna Feminina do IPP, as Tuninfas.