foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 32 Anos ao Serviço da Região-

Nisa em Festa de 12 a 15 de Agosto - emissões em direto da festa na sua Rádio todos os dias ao final da tarde

Seca:Presidente da Associação de Agricultores do Distrito de Portalegre diz que "não há memória de um ano tão mau para o setor agrícola"

Pode ser uma imagem de animal, árvore e ao ar livre

A presidente da Associação de Agricultores do Distrito de Portalegre, Fermelinda Carvalho, afirmou hoje “não haver memória de um ano tão mau para o setor agrícola” como aquele que estamos a viver.

 

Fermelinda Carvalho descreve a situação como “muitíssimo grave”, devido à “maior seca de sempre”, a que se juntam “os preços incomportáveis da eletricidade e dos combustíveis”.

Em declarações à Rádio Portalegre a dirigente indicou que nos campos do Alto Alentejo além de haver falta de água, os agricultores também não dispõem de pastagens para alimentar o gado.

Fermelinda Carvalho criticou ainda a “ausência de apoios” por parte do Governo, através do Ministério da Agricultura, para minimizar os prejuízos causados pela seca, bem como devido ao aumento dos custos de produção em resultado das subida dos preços da eletricidade e combustíveis.

O território português continental encontrava-se todo ele em seca a 15 de julho, com 50,8 % em seca severa, 48,9 % em seca extrema e 0,3 % em seca moderada.