foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 31 Anos ao Serviço da Região

Fique Em Casa / Cumpra as Normas da DGS / Proteja-se Por Si e Pelos Outros

Portalegre:Luís Marques Guedes admite que autonomia do país "está diminuida" e soberania "é bastante mitigada"

Luís Marques GuedesO secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros admitiu que a soberania de Portugal é “bastante mitigada” e que a autonomia para escolher os próprios caminhos, “está diminuída”, enquanto o país estiver sujeito ao Programa de Assistência Económica e Financeira.

Luís Marques Guedes, falava, sábado, no Centro de Artes do Espetáculo de Portalegre, à margem das Segundas Jornadas do Ciclo de Conferências “Consolidação, Crescimento e Coesão”, promovidas pelo PSD.

O governante defendeu ainda que o país deve cumprir os compromissos assumidos com a “troika”, porque “precisa de ajuda externa como de pão para a boca, para satisfazer as suas necessidades básicas”.

Por outro lado, Marques Guedes, considera que também “é preciso ir vendo no médio e longo prazo” para tentar encontrar soluções para os problemas do país, reconhecendo que as soluções “não são fáceis, nem simples”.

O presidente da Comissão Politica Distrital do PSD de Portalegre, Cristóvão Crespo, pronunciou-se também sobre as dificuldades que o país atravessa, mostrando-se esperançado que Portugal possa começar a “virar a página” no ano em curso.

Sobre o momento que se vive no distrito de Portalegre, o social democrata, considera que “é preocupante”, argumentando que “quando a situação é má, os mais frágeis e mais débeis, sentem mais dificuldades”.

As Segundas Jornadas do Ciclo de Conferências “Consolidação, Crescimento e Coesão”, contaram com a presença, além de Luís Marques Guedes e Cristóvão Crespo, de Fernando Leal da Costa, secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, e de Juvenal Peneda, secretário de Estado Adjunto do Ministro da Administração Interna.

Gabriel Nunes