foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 31 Anos ao Serviço da Região

Fique Em Casa / Cumpra as Normas da DGS / Proteja-se Por Si e Pelos Outros

Alter do Chão:mulher sequestrada pode ter sido violada e agredida durante o rapto pelo ex companheiro

Resultado de imagem para placa alter do chão, distrito portalegreA mulher que estava sequestrada numa casa em Alter do Chão e que foi resgatada pela Policia Judiciária (PJ) ao principio da madrugada de quarta feira, pode ter sido violada e agredida no decurso do rapto.

De acordo com um comunicado da PJ, publicado no seu site na internet, na sequência da operação de resgate desencadeada pela Unidade Nacional de Contra-Terrorismo, foram detidos dois homens e uma mulher.

Um dos detidos, suspeito da prática de um crime de rapto, cometido num quadro de violência doméstica, é o antigo companheiro da vítima, sobre quem vinha cometendo diversos atos de violência física e psicológica.

Segundo a PJ, a mulher foi raptada e introduzida à força num veiculo, pelo seu ex companheiro, conjuntamente com outro casal, na terça feira, quando se dirigia a instalações da PSP, em Lisboa, para apresentar nova queixa.

Na sequência das diligências de investigação, de imediato encetadas, foi possível confirmar que os autores e a vítima se encontravam na localidade de Alter do Chão, no interior de uma residência, de onde a vítima acabou por ser foi libertada pela ação da PJ, momento em que os suspeitos do rapto também foram detidos em flagrante delito. 

Foi ainda possível apurar que, sobre o ex companheiro da vítima, recaem suspeitas de, no decurso deste rapto ter cometido um crime de violação, bem como várias agressões. 

Os arguidos detidos, de 54, 44 e 43 anos de idade, têm todos antecedentes polícias e criminais.

Gabriel Nunes