foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 31 Anos ao Serviço da Região

Fique Em Casa / Cumpra as Normas da DGS / Proteja-se Por Si e Pelos Outros

Greve/escolas:impacto da paralisação nas escolas do Alto Alentejo é praticamente nulo

O impacto da greve dos trabalhadores não docentes nesta sexta feira é praticamente nulo nas escolas do Alto Alentejo, havendo apenas registo de duas escolas encerradas, uma em Elvas e outra em Avis.

Em declarações à Rádio Portalegre, Jorge Ventura, do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul, disse que a adesão à greve ronda os 55 por cento.

Segundo o dirigente sindical os feitos da greve só não são mais visíveis devido ao recurso aos trabalhadores com Contratos de Emprego-Inserção e porque a maioria dos trabalhadores não docentes do quadro não aderiram à paralisação.

Os trabalhadores não docentes das escolas exigem a abertura de concursos para integrar funcionários que se encontram a exercer funções com caráter permanente e reclamam a valorização da carreira e da tabela salarial.

Gabriel Nunes