foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Autárquicas 2021 - Esta quarta feira a partir das 12:00 Portalegre em debate na Rádio Portalegre

Crato:"O Festival do Crato marca o calendário nacional como o Sudoeste ou Paredes de Coura"-Pres.ERTAR

"O Festival do Crato marca o calendário nacional como o Sudoeste ou Paredes de Coura". A afirmação é do presidente da Turismo do Alentejo e Ribatejo.

Em declarações à Rádio Portalegre, Ceia da Silva elogiou o município do Crato pela organização do festival e considerou “brilhante” a divisão do certame, que este ano tem áreas distintas para a gastronomia, artesanato e espetáculos.

O Festival do Crato, que integra a 31ª edição da feira de artesanato e gastronomia, conta com cerca de uma centena de stands que representam o país de norte a sul.

De acordo com a coordenadora do espaço dedicado à arte e às tasquinhas, Alexandrina Capão, o novo espaço tem recebido a visita de muitas famílias e certamente o número de visitantes vai superar os mais de 60 mil registados na edição de 2014.

A feira de artesanato e gastronomia recebe todos os anos centenas de propostas de expositores, muitos são já presença assídua e outros estreantes, como é o caso dos Enchidos do Portugal, uma empresa familiar com sede em Gafete.

Silvia Louro explicou à Rádio Portalegre que a empresa que nasceu a partir de uma receita de cacholeira conseguiu expandir-se a está hoje no Crato com tapas de enchidos variados.

Para bem regar as tapas os visitantes podem optar pelos vinhos da Herdade do Gamito. Presença habitual no festival do Crato, sempre com novidades para todos os gostos conforme descreve a responsável pelo stand, Sandra Matos.

De Alter do Chão chega a cortiça com adereços que vão desde uma simples pulseira a um chapeu de chuva, ténis ou casacos.

Inês Correia diz que os artigos em cortiça se são cada vez mais procurados porque marcam a diferença.

À arte e à gastronomia junta-se a música, os cabeças de cartaz do terceiro dia do Festival do Crato são os DAMA, Azeitonas e Tom Odel.

Carla Aguiã