foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Autárquicas 2021 - Esta quarta feira a partir das 12:00 Portalegre em debate na Rádio Portalegre

Correios não pagam reformas por "falta de dinheiro". Murpi diz ser “manobra” para “angariarem mais clientes para o Banco dos CTT”

Foto de Rádio Portalegre.O Movimento Unitário de Reformados, Pensionistas e Idosos-Murpi, denunciou hoje que há vários reformados que não conseguem levantar as suas reformas através de vale postal nos balcões dos CTT, que alegam falta de dinheiro.

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da direção do Murpi, Casimiro Menezes, disse que “é uma situação recorrente” desde que os Correios foram privatizados.

 

As razões invocadas pelos CTT para não efetuarem o pagamento têm sido das mais diversas, desde a falta de numerário ou que a Caixa Geral de Depósitos não efetuou a transferência dos valores das pensões.

Casimiro Menezes considera que esta situação é “grave” e é uma “manobra” dos Correios de Portugal para “angariarem mais clientes para o Banco dos CTT”.

O Murpi alerta todos os pensionistas a denunciarem qualquer situação irregular no pagamento das pensões.(Susana Mourato)