foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Sua Rádio Todos os Dias

Presidente da Junta de Freguesia de Alagoa acusa presidente da Câmara de Portalegre de "falta de respeito"

O presidente da Junta de Freguesia da Alagoa, Manuel Marques, acusou hoje a presidente da Câmara de Portalegre de “falta de respeito” por autorizar a realização, no domingo, de uma largada de touros no Largo do Rossio naquela localidade, contrariando a posição da edilidade local.

Manuel Marques explicou que concorda com a realização das largadas, promovidas pela Associação Tertúlia, mas não no Largo do Rossio, alegando que a iniciativa vai “danificar” aquele espaço, considerado o “cartão-de-visita” da localidade e no qual foram feitos nos últimos tempos alguns investimentos em embelezamento.

A realização da largada de touros foi autorizada em reunião do executivo municipal de Portalegre, com os votos contra dos três vereadores da oposição socialista e os votos favoráveis dos três elementos do PSD, tendo a presidente do município, usado o seu voto de qualidade.

O autarca socialista considera “vergonhosa” a deliberação da presidente da Câmara de Portalegre, lamentando que a autarca, eleita pelo PSD, “não seja tão rápida a resolver os pedidos efetuados pela Junta de Freguesia de Alagoa, como foi para o pedido da Associação Tertúlia.

Confrontada com as acusações do presidente da Junta de Freguesia de Alagoa, a presidente da Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, mostrou-se de “consciência tranquila”, argumentando que o município “é soberano” na gestão do espaço público.

Adelaide Teixeira assegurou ainda que as decisões do executivo são tomadas tendo sempre em conta o que são as competências da Câmara Municipal.

A autarca revelou ainda que a intervenção levada a cabo pela Junta de Freguesia de Alagoa no Largo do Rossio não foi autorizada pela Câmara de Portalegre.

Gabriel Nunes/Carla Aguia