Ad 2

Montenegro acusa governo PS de deixar na “gaveta” investimentos para Portalegre

O presidente do PSD, Luís Montenegro, acusou, esta terça feira, o Governo do PS de ter deixado na “gaveta” todos os investimentos públicos projetados para o distrito de Portalegre e afirmou que se não fossem os autarcas, a barragem do Pisão também “não tinha visto a luz do dia”.

Luís Montenegro, que falava durante uma ação de campanha da Aliança Democrática (AD) para as eleições legislativas, na cidade de Portalegre, garantiu ainda estar interessado em “dar ao Alto Alentejo o investimento público que tem faltado, que se nota também nas acessibilidades e em outras dimensões das politicas públicas”.

O cabeça de lista da AD pelo circulo eleitoral de Portalegre, Rogério Silva, que acompanhou Montenegro na arruada pelo centro histórico da capital do Alto Alentejo, começou por dizer que tem sentido nos contactos com as populações, que “as pessoas anseiam por uma mudança”.

Rogério Silva comprometeu-se a ser um agente da mudança, através de um olhar diferente para o território, que sinta os verdadeiros problemas das pessoas e que contribua para mudar a sua vida para melhor.  

Ao terceiro dia de campanha e depois de Portalegre, a caravana da AD rumou ao distrito de Castelo Branco, onde Luís Montenegro vai participar num comício, no auditório da Universidade da Beira Interior, na Covilhã.