Joao Da Franca

Motard António Maio faz história

O motard António Maio (Yamaha) estreou-se, este sábado, a vencer numa etapa do W2RC e tornou-se no primeiro português a ganhar uma etapa do Rally-Raid Portugal.

O militar da GNR, que ocupa a quarta posição à geral, a 11m54s do líder Tosha Schareina (Honda), assumiu a liderança nos derradeiros quilómetros da especial, triunfando com 28 segundos de vantagem para o francês Adrien van Beveren. 

Bruno Santos (Huskvarna) foi outro português em destaque na penúltima etapa do Rally-Raid Portugal. Bruno Santos estabeleceu o terceiro melhor tempo (a 35 segundos de Maio), e conservou idêntica posição à geral, estando a 8m16s do Tosha Schareina, e, mais importante do que isso, reforçou a liderança entre os Rally2. 

Mas se António Maio foi o herói do penúltimo dia da prova do Campeonato do Mundo de Rally-Raid, o líder Tosha Schareina foi o grande beneficiado da etapa. Apesar de ter sido o quinto mais rápido do setor seletivo (a 2m20s de Maio), o espanhol aumentou para 4m33s a vantagem para o segundo classificado, o luso-alemão Sebastian Bühler (Hero).

Bühler fez sétimo lugar na etapa deste sábado perdendo 49 segundos para Tosha Schareina.

Domingo, é o dia de todas as decisões do Rally-Raid Portugal. A última etapa é disputada em dois setores seletivos. O primeiro, de 98,18 quilómetros, é 90 por cento percorrido em estradões de areia rápidos, enquanto o segundo, com 3,05 quilómetros de extensão, é literalmente disputado ao lado do Parque de Feiras e Exposições de Grândola.