Cdu Raimundo

Portalegre/legislativas 2024: Paulo Raimundo apela ao voto na CDU para “castigar nas urnas quem não cumpre as promessas”

O secretário-geral do PCP, Paulo Raimundo, diz que “é preciso castigar nas urnas quem não cumpre as promessas”, acusando os eleitos do PS e PSD de serem os culpados do abandono a que foi votado o distrito de Portalegre.

Num almoço comício, este sábado, em Benavila, concelho de Avis, Paulo Raimundo disse que os deputados que representam o distrito na Assembleia da República (AR), foram “eleitos aqui”, mas em Lisboa “votam contra os interesses da região”.

Segundo o líder do PCP, foram as opções, do PS e PSD, que fecharam escolas, maternidades, postos da GNR, roubaram as freguesias ao povo, mantêm as portagens e recusam o investimento nas estradas e caminhos de ferro.

Paulo Raimundo considera que “é no mínimo um insulto que depois de todas estas opções erradas” os políticos, em tempo de campanha, “venham chorar lágrimas de crocodilo pela desertificação do interior” e defende que é preciso confiar o voto na CDU “aqueles que dizem o que fazem e que fazem o que dizem”.

Também Fátimas Dia, cabeça de lista da CDU pelo círculo eleitoral de Portalegre, às eleições legislativas de 10 de março, acusa PS e PSD de serem os responsáveis pelas “grandes dificuldade que se colocam ao distrito de Portalegre e ao Alentejo.

A candidata apontou como prioridades para o Alto Alentejo a construção da barragem do Pisão, investimento em politicas de mobilidade e acessibilidade e no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O almoço comício em Benavila juntou cerca de 300 militantes e simpatizantes da CDU.

PUBLICIDADE