Cccccccccccccccc

Portalegre:Delegação da Cruz Vermelha com projeto “ambicioso” na área da demência de 5,8 milhões de euros

O presidente da delegação de Portalegre da Cruz Vermelha Portuguesa, Nuno Borda D´Água, anunciou, esta segunda feira, que a instituição pretende implementar um projeto “ambicioso”, na área da demência, que implica um investimento de cerca de 5,8 milhões de euros e a criação de 120 postos de trabalho.

Em declarações à Rádio Portalegre, Nuno Borda D´Água, indicou que o projeto já foi aprovado pela Câmara Municipal de Portalegre, que também cedeu um terreno para a construção de um Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Demência.

O dirigente adiantou que além de colmatar uma lacuna que existe no Alentejo na área da demência, nomeadamente de apoio às pessoas com doença de Alzheimer, a intenção é a de agregar toda a estrutura da delegação de Portalegre da Cruz Vermelha num só local.

A ideia é consensual e aplaudida a nível local, mas o problema é que a instituição não dispõe de fundos para avançar com o projeto, e vai ter de aguardar pela “boa vontade” do Governo.

Nuno Borda D´Água assinalou ainda que a Delegação de Portalegre da Cruz Vermelha vai também avançar com dois novos projetos na área da violência doméstica que vão permitir aumentar dos atuais 28 para 45 os postos de trabalho na instituição.

O presidente da instituição humanitária falava no Mercado Municipal de Portalegre onde mostrou à comunicação social o resultado da decoração de uma árvore de Natal levada a cabo pelos colaboradores da delegação de Portalegre da Cruz Vermelha.

O convite para decorar a árvore de Natal no Mercado Municipal de Portalegre partiu do município local.

Em declarações à Rádio Portalegre, a vice presidente da Câmara, Laura Galão, referiu que o objetivo é o de “mostrar à comunidade a importância desta e de outras instituições para o concelho”, considerando que esta instituição “tem de ter palco”.

Á árvore de Natal que já pode ser vista no piso zero do Mercado Municipal está decorada com as cores da Cruz Vermelha Portuguesa e com uma espécie de bolas onde estão inscritas os vários serviços que presta às populações. Junto à árvore foi colocado também um manequim exibindo a nova farda da instituição humanitária.