Captura De Ecrã 2023 12 12 001702

Presidente da APAP diz que o norte do distrito de Portalegre é “o novo Alentejo profundo”

O presidente da Associação de Produtores Agrícolas de Precisão (APAP), José Maria Falcão, afirmou, esta segunda feira, que o norte do distrito de Portalegre é “o novo Alentejo profundo”.

José Maria Falcão argumentou que ninguém quer ir para os concelhos mais a norte do distrito de Portalegre por falta de condições de sobrevivência, nomeadamente, emprego.

Ouvido na Comissão de Agricultura e Pescas na Assembleia da República, a pedido do Chega, o presidente da APAP mostrou-se ainda “chocado” com a redução do perímetro de rega da barragem do Pisão, a construir no concelho do Crato.

Segundo o dirigente, a barragem do Pisão, tecnicamente só vai regar 2.620 hectares, uma vez que dos 4.663 hectares anunciados este ano, a APAP verificou que 2.043 já existem como regadio.

José Maria Falcão lembrou ainda que, um estudo divulgado em 2010, apontava para uma área de rega de 8.900 hectares, e que no ano de 2019 a Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, entidade responsável pelo projeto da barragem do Pisão, anunciava 12 mil hectares de novo regadio.