Am Premiados

Vinhos da Adega Mayor conquistam cinco medalhas de Ouro além-fronteiras

A Adega Mayor acaba de ver, uma vez mais, a qualidade dos seus vinhos ser reconhecida aquém e além-fronteiras nos mais prestigiados concursos internacionais de vinhos, como o Mundus Vini e o Berlin Wine Trophy, e em revistas da especialidade, como a Revista Paixão pelo vinho, a Revista de Vinhos, e a Grandes Escolhas, que reforça a aposta contínua na produção de vinhos de excelência de Campo Maior para o mundo.

A marca de vinhos do Alto Alentejo viu cinco dos seus vinhos serem premiados numa das competições de maior prestígio a nível internacional, o Mundus Vini, que decorreu, recentemente, na Alemanha, contando com a participação de mais de 6.500 vinhos de todos o mundo. O Reserva do Comendador Altitude Branco 2022 e o Verdelho 2022 foram os dois vinhos que trouxeram medalha de Ouro para Portugal. Já o Arinto 2022 e o Reserva Branco 2022 arrecadaram a medalha de Prata, tendo o Seleção Bio Branco sido distinguido com 86 pontos.

No Berlin Wine Trophy, maior concurso de vinhos do mundo, a Adega Mayor voltou também a brilhar com três dos seus vinhos Mayores a serem premiados com Ouro: o Reserva Tinto 2020, o Merlot 2020 e o Reserva do Comendador Altitude Tinto 2021.

Para além das conquistas internacionais, os vinhos da marca vitivinícola do Grupo Nabeiro – Delta Cafés viram a sua qualidade ser destacada em solo português, em diversas revistas de especialidade. A Revista Paixão pelo Vinho atribuiu o Prémio Excelência ao Reserva do Comendador Magnum 2019; a Revista de Vinhos atribuiu 92 pontos ao Reserva do Comendador Altitude Tinto 2021, que integra agora a lista dos Melhores de Portugal em 2023 e a Grandes Escolhas distinguiu o Reserva do Comendador 2018 com a Medalha Melhores Vinhos de Portugal em 2023.

Para Rita Nabeiro, CEO da Adega Mayor, “estes prémios são o reflexo da dedicação e do trabalho contínuo da equipa da Adega Mayor na produção de vinhos excecionais”.